terça-feira, 29 de outubro de 2013

Homenagem aos alunos destaques do 2º Bimestre - Sala de Leitura


video

Homenagem aos alunos destaques do 1º Bimestre

video
O blog do professor Adalberto, é  uma ferramenta destinada aos  alunos  e professores  da EE Fernando  Nobre com o objetivo  de  divulgar os trabalhos realizados  na Sala de Leitura. Esse espaço conta  com a contribuição da comunidade, pois, só  assim alcançará  o  objetivo desejado, Levar as  informações necessárias e incentivar o acesso á biblioteca e  à leitura.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Situação de aprendizagem ou Sequência Didática do texto Primeiro Beijo, de Antônio Barreto.



Situação de aprendizagem  ou Sequência Didática do texto Primeiro Beijo, de Antônio Barreto  


No encontro presencial do Curso "Melhor gestão, melhor ensino", meu grupo preparou uma situação de aprendizagem com um roteiro de leitura do texto "Meu Primeiro beijo", de Antônio Barreto, baseado no material de apoio fornecido pela D.E de Carapicuíba  e  com a  contribuição dos  colegas, que foram  divididos  em  2 grandes  grupos.  Logo após juntamos em  um  só grupo e  partilhamos  as  discussões,  unindo   as  opiniões e construções produzidas nos  grupos. Compartilhamos as diferentes habilidades de leitura, que foram atribuídas em um roteiro a ser usado antes, durante e depois da leitura. Apresentamos em seminário a seguinte situação de aprendizagem:


A série escolhida pelo  grupo foi uma  6ª série ou 7º ano do  Ensino Fundamental II .


Antes:


  Levantamento prévio do assunto:


Colocamos o título meu primeiro beijo  na lousa, fizemos as seguintes  perguntas  e questionamentos:


“Meu Primeiro beijo”


a.      O que  o título está  dizendo?


b.      Que assunto ou situação, você acha  que irá abordar?


c.       O que o título quer  dizer a você?


d.      O que você entende deste título?


Escuta todas  as  opiniões  orais.


Durante:


 Faz-se  a leitura corrente do texto na  integra e em voz  alta!


Levantamento das  expectativas em função da formatação do gênero:


- Perguntar aos alunos: Você já passou por essa experiência?


Se já passaram, como enfrentaram?  Ficaram  constrangidos?


. Identificar se o texto está em prosa ou verso, se é um  conto ou  uma crônica?


Logo em seguida falamos um pouco sobre o autor (já conhecem?) estimular a curiosidade para pesquisa e leitura de outros textos de Antonio Barreto. 


Verificar nos  relatos e  opiniões se confirmação ou retificação das antecipações criadas antes da leitura do texto.


 Localização da ideia central, entendimento com a releitura por  meio de  questionamentos.


A-É  um  texto científico?


B-As personagens  demonstraram  muito ou pouco  conhecimento?


C-Os termos utilizados demonstra  conhecimento prévio do  assunto?


D-Quais  as  palavras  no texto  que dificultam o entendimento?


As  palavras  “ Cultura  inútil, bactéria falante, paracelso, presentes  no  são pronomes? Por  que?


Qual era  a intenção em explicar  as  vantagens  do beijo para a menina?




 Esclarecimento de palavras desconhecidas a partir de inferências ou consulta a dicionário:


 Construção do sentido global do texto:


 Identificação das pistas linguísticas responsáveis por introduzir no texto a posição do autor:


Se necessário fazer  uma nova releitura retomando o texto. Levantar a ideia geral do texto para saber se o aluno realmente entendeu.


Retoma com o aluno se eles  perceberam a intenção do autor em envolver o leitor, nesse momento relembrar/retomar as características de um Conto-narrativo,   no texto essas características (tom leve, tema banal do cotidiano, texto curto, pouco personagens). Em seguida partir para um estudo de vocabulário, esclarecendo as palavras desconhecidas.


Depois:




 Trazer nas  próximas aulas experiências  de amigo ou  sua própria experiência em situações semelhantes  para  partilhar  com  a  turma.


Avaliação crítica do texto:


 Para agregar conhecimento sobre o gênero.


Trazer contos narrativos que  falem  da adolescência para posteriores  leitura e  análises.


Professor Adalberto Ribeiro dos Santos 

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Sou professor de língua portuguesa desde 2004, sou pós-graduado em Letras e trabalho no momento na sala de leitura da EE Fernando Nobre Cotia, Diretoria de Ensino de Carapicuíba. Atualmente trabalho como o projeto sala de leitura. Gosto muito do que faço e tenho conseguido bons resultados com meus alunos, no quesito empréstimo ou locação de livros. No primeiro bimestre de 2013 foram 267 livros emprestados e no segundo bimestre já passou de 300 livros locados. Isso porque nessa escola temos 227 alunos frequentes.  Sempre que levo os alunos à biblioteca explico as vantagens que há em ler diariamente. Leio este texto, a importância da leitura, que está abaixo, e percebo que essa aula  introdutória tem estimulado muito o  interesse  por empréstimos e leitura de livros.

A importância da Leitura.

Ler é entrar no universo do conhecimento! Quando realmente lemos, ganhamos  muitos conhecimentos intelectuais e aguçamos nosso  senso crítico. Comprovadamente, em apenas 15 minutos diários podemos adquirir riquezas impagáveis e incalculáveis para nossa vida. São elas:

1. A leitura solta a sua imaginação: Como fazer para fruir a nossa imaginação? Ler ou escrever não é apenas decodificar ou soltar palavras ao vento, mas entender o  que os olhos veem ou não veem, interpretar e  compreender  o que  se diz ou o que  está por trás de  cada palavra não dita. Dar sentido ao texto escrito ou ao que está dizendo. Nossa imaginação precisa ser alimentada diariamente e isso só se dará por meio de muitas  e repetidas leituras em diversos tipos e  gêneros de leitura.
2. A leitura estimula sua criatividade: Como sabemos, uma pessoa criativa na  vida  prática  ou nas  atividades motoras passa a ser  muito admirada  e valorizada pelas  pessoas empresas principalmente no mundo do trabalho. Alguns  já nascem com  esse dom, ou seja, tem o  conhecimento inato. Mas, é através  da leitura que  nosso cérebro é  estimulado à criatividade, tornando-nos mais proativos e  capazes  de  criar   e recriar auxiliado pelos  conhecimentos  prévios, mas  principalmente pelo que  vimos  nos  filmes, nos  livros e  na  vida  real.
3. A leitura aumenta o vocabulário: Como diz o ditado popular. “Um homem sem palavras é um  homem sem prestígio” . Quem sabe do assunto, fala ou  escreve  com maior propriedade e  as  palavras  surgem do seu  interior! Não existe outra maneira prática de se  aumentar o  vocabulário, se não pela  leitura. Digo, leitura de  qualquer  gênero ou  tipologia. O  importante  é ler! Só assim teremos gradativamente o  aumento  de   nosso vocabulário.
4. A leitura facilita  a escrita:Todas as  vezes  que nos pedem  para escrever  algo, sobre  algum assunto, em provas  ou  concursos,  se não o  dominamos, encontraremos com certeza, muitas  dificuldades para escrever, mas  se é  um  assunto conhecido  e  vivenciado pelo candidato , as  palavras aparem facilmente e  tudo  fica  mais  fácil. Quem  ler bem, escreve melhor ainda, pois está munido do assunto e  palavras  não  lhes   faltará.
5. Simplifica  a compreensão das  coisas: Como é triste  ler um  texto e não entender nada, ou  fazer uma prova, um teste e  não entender nada do  que lhe  foi  solicitado! No mundo precisamos  compreender os  acontecimentos em  torno de  nós, mas  isso  tornar-se-á mais  acessível, se somos  pessoas atualizadas e informadas dos  fatos  e acontecimentos. Os meios de comunicação estão aí para  nos  auxiliar.
6. A leitura ajuda na vida  profissional.  As empresas cada vez mais exigem profissionais capacitados e treinados para serem verdadeiros polivalentes. Que seus  subordinados não  tenham  habilidades  limitadas,mas  que desenvolvam múltiplas  funções  dentro da empresa ou estabelecimento. Quem acha que somente deve fazer o que  está  no protocolo ou que   foi combinado, já está suficiente,   corre o risco de ser despedido muito em breve, para  lugar a alguém  que  chegue   com mais abertura e  flexibilidade profissional.
7. Melhora  a comunicação com os  outros. O fato  de uma pessoa ser um leitor nato, mesmo que  seja  horóscopo, jornal, gibis ou outros  textos dá  a esse  indivíduo  assunto e  conhecimento a  mais  que  a outro  que é falante,mas  não tem  conteúdo básico  para  sua  expressão. Mesmo porque, não é  somente falar, mas  saber o que  diz e como  diz.
8. A leitura amplia o conhecimento geral: Ter noção de mundo é adentrar no mundo do conhecimento por  meio  das diversas informações. Logo, não podemos nos limitar somente a  nossa realidade local ou a nossa disciplina ou área de trabalho, mas  abrirmos ás várias  ciências  da natureza lendo  de  tudo e em todos os  momentos.
9. A leitura liga o nosso senso crítico na tomada. Na maioria das vezes nos deparamos com jovens muito revoltados, mas poucos críticos. A crítica brota do conhecimento e não da revolta. Criticar é argumentar e contra-argumentar para podermos dar uma saída para o problema.
Tópicos do texto extraído da  cartaz de  divulgação da  editora Abril, Educar para  Crescer. Site: www.educarparacrescer.com.br O que a leitura pode fazer por você?
Professor: Adalberto Ribeiro dos Santos